Filho da Mãe

Acorda à Tarde - Ciclo de Concertos de Cordas
2016Histórico
11 Dezembro 2016

DOM | 16h00

Filho da ma e por renato cruz santos 2 1 770 2500

O nome de palco de Rui Carvalho fala por si só: é um grande Filho da Mãe, daqueles cuja expressão provoca inveja e um misto de sentimentos, que vão da incompreensão à pura admiração. É assim, no seu metralhar de argumentos melódicos delicadamente encadeados, que cada peça na guitarra de Filho da Mãe nos toma, na soberba da técnica e no fôlego que nos tira a cada nota.

 

Queda livre. Um mergulho na terra, na pedra que se faz mar, lá no fundo onde
 se preparam cristais. Foi com o centro do planeta, com a força de atração de cada pedra a contrastar com a sua frieza e a procurar quebrar separações físicas que Filho da Mãe se fechou no coro alto do Mosteiro de Rendufe, em Amares, dedicado à feitura de um longa-duração em comunhão com o Minho.
Em “Mergulho”, também Rui Carvalho se diluiu no tempo e no espaço, tornando permeável o registo que até então cunhava como algo só dele — o que partilhou retornou-lhe maduro, melodioso e doce, em contraste com as incursões mais intempestivas e desenfreadas de outros tempos. Mergulho é permeável à pedra, à terra e à gente que o rodeia. É um disco de Filho da 
Mãe, que transpira espaço e transcende dimensões, imergindo-se no bucólico para o desconstruir num exercício de cubismo sónico, impregnado de efeitos e das reverberações naturais do cenário improvisado pelos Estúdios Sá da Bandeira.
“Mergulho” foi produzido por João Brandão e é fruto de uma residência artística proporcionada pela associação Encontrarte-Amares. O artwork foi desenhado pela Cláudia Guerreiro.

Foto: Renato Cruz Santos

 

Acorda à Tarde - Ciclo de Concertos de Cordas

“Acorda à Tarde” é um ciclo de concertos que vai aquecer o nosso Inverno. Entre outubro e fevereiro, o Teatro da Vista Alegre acolhe oito concertos dos mais exímios músicos, virtuosos tocadores de cordas e extraordinários cantautores da atualidade. Vão ser concertos envolventes para fazer ressoar as madeiras de um dos teatros mais acolhedores da região.

Quer-se uma tarde de deleite e queremos que se sinta em casa. O desafio será trocar o habitual programa de televisão por um concerto real e intimista. Depois deixe-se ficar para dois dedos de conversa, acompanhados por chá quente e biscoitos.

De 15 em 15 dias o Teatro da Vista Alegre é a extensão da sua casa. Aproveite.

DOM 16 OUT Júlio Resende
DOM 30 OUT Marco Luz
DOM 27 NOV Norberto Lobo
DOM 11 DEZ Filho da Mãe

M/6 anos

€8,00 (bilhete individual) 

» desconto de 20% no bilhete individual: grupos + 10 pessoas, séniores +65 anos, jovens até 17 anos e cartão jovem municipal

€ 20,00 (bilhete de ciclo) 

 
23 MILHAS
Av. 25 de Abril, 3830-044 Ílhavo - Portugal
tel +351 234 397 260
23milhas@cm-ilhavo.pt 
©2012 CCI
Acessibilidade

powered by Wiremaze